As landing pages são como representantes de vendas virtuais da sua empresa — ficam disponíveis 24 horas por dia para apresentar a sua solução a pessoas interessadas e para convertê-las em leads. Apesar das vantagens dessas ferramentas, páginas web desse tipo podem apresentar erros durante sua construção, que podem arruinar sua taxa de conversão.

landing-pages-4-erros-que-detonam-a-conversao

Pensando nisso, listamos os 4 principais erros aos quais você deve ter atenção para não cometer nas suas landing pages. Acompanhe!

1. Exagerar na quantidade de texto

Toda landing page precisa conter apenas o material necessário para informar o visitante e guiá-lo para realizar a ação desejada (preencher um formulário, visitar outra página, comprar um produto, etc.).

Todo conteúdo que não for importante e estiver na página apenas para preencher espaço, contribui para tirar o foco do usuário. Cansar as pessoas com textos longos e explicações minuciosas de cada aspecto do produto/serviço pode prejudicar a sua taxa de conversão.

Procure distribuir pequenos blocos de texto ao longo da landing page, alternando com formatos diferentes de conteúdo, como imagens e vídeos. Destaque os benefícios da sua solução e mostre de que forma ela traz conveniência para a vida de quem a adquire.

2. Criar CTAs ruins

Como explicamos na seção anterior, uma landing page tem como objetivo, por meio do conteúdo, levar o usuário a realizar uma ação desejada. E o recurso específico com essa função é chamado Call-to-Action (CTA), ou chamada para ação.

Às vezes, essas chamadas podem estar ocultas na base da página ou simplesmente não se destacarem o suficiente.

O CTA precisa chamar a atenção do visitante de forma a despertar o seu interesse. Portanto, certifique-se que as chamadas para ação das suas landing pages sejam claras e visíveis. Dedique um tempo considerável para construí-la, pois é um dos elementos mais importantes para converter usuários.

3. Solicitar informações demais no formulário

Em geral, a ação esperada de uma landing page é justamente capturar o contato dos usuários por meio de um formulário. Conseguir esses dados é essencial para segmentar a base e gerar oportunidades.

Sendo assim, em vez de criar uma barreira para os visitantes realmente interessados na sua solução, ao exigir uma série de campos de preenchimento, peça apenas o necessário. Dependendo do seu negócio, somente o primeiro nome e o e-mail já são suficientes para iniciar um relacionamento com o lead utilizando uma estratégia de e-mail marketing.

4. Construir landing pages sem pensar nos dispositivos móveis

Segundo o relatório Digital in 2017 Global Overview, os brasileiros passam em média 3 horas e 56 minutos acessando a Internet de um dispositivo móvel por dia. As pessoas gostam de verdade de navegar na web usando seus smartphones, e pode ser que boa parte dos seus prospects esteja entre elas.

Por isso, avalie se suas landing pages têm uma boa aparência e funcionam bem também nos aparelhos mobile. Afinal, não é difícil encontrarmos formulários que funcionam bem no desktop, mas quando utilizados no mobile, pecam na experiência do usuário e desperdiçam conversões!

Sempre que possível, invista em um design responsivo. Isso permite que suas páginas se adaptem ao tamanho da tela do usuário, sem prejudicar a navegação, a clareza das informações e as funcionalidades.

Agora que você já sabe os maiores erros que detonam a conversão nas landing pages, que tal continuar lendo sobre marketing digital? Confira as dicas que preparamos sobre como atrair leads de forma eficiente!


Deixe um comentário